Python para Desenvolvedores

2ª edição, revisada e ampliada

Capítulo 3: Controle de fluxo


É muito comum em um programa que certos conjuntos de instruções sejam executados de forma condicional, em casos como validar entradas de dados, por exemplo.

Sintaxe:

if <condição>:
    <bloco de código>
elif <condição>:
    <bloco de código>
elif <condição>:
    <bloco de código>
else:
    <bloco de código>

Na qual:

  • <condição>: sentença que possa ser avaliada como verdadeira ou falsa.
  • <bloco de código>: sequência de linhas de comando.
  • As clausulas elif e else são opcionais e podem existir vários elifs para o mesmo if, porém apenas um else ao final.
  • Parênteses só são necessários para evitar ambiguidades.

Exemplo:

In [3]:
temp = 23 # valor de temperatura usado para teste

if temp < 0:
    print 'Congelando...'
elif 0 <= temp <= 20:
    print 'Frio'
elif 21 <= temp <= 25:
    print 'Normal'
elif 26 <= temp <= 35:
    print 'Quente'
else:
    print 'Muito quente!'
Normal

Imagine que no programa acima, 23 é a temperatura que foi lida de algum sensor ou entrada manualmente pelo usuário e Normal é a resposta do programa.

Se o bloco de código for composto de apenas uma linha, ele pode ser escrito após os dois pontos:

if temp < 0: print 'Congelando...'

A partir da versão 2.5, o Python suporta a expressão:

<variável> = <valor 1> if <condição> else <valor 2>

Na qual <variável> receberá <valor 1> se <condição> for verdadeira e <valor 2> caso contrário.

In [1]:
 
Out[1]: